terça-feira, 31 de dezembro de 2013

...2013

2013 foi um Ano de Muitas Aprendizagens...
De Conquistas...
De Partidas....
E de Tantas Chegadas!
Foi Um Ano de Coragem!
Um Ano para Ouvir o  Coração!
Um Ano de Surpresas!
De Amor!
Grata pelo Início...
Grata pelo Tanto que Me Deram...
Ás vezes não é Fácil Perceber que é Muito!
Mas Foi!
Grata a Mim por ter Ouvido o Meu Coração...
Grata pela Noite em que Percebi que Ainda que o Amor fosse Muito, não me Era Possível "Continuar"!
Tantas Experiências!
Tantos Reencontros...
2013...
Foste um Ano que Realizou o que Queria à Tanto Tempo e Fingi Não Querer!
Foste um Ano em que Provei que o Medo...Já não me Paralisa!
Um Ano de Concretização!
Um Ano de Trabalho Comigo provando que Posso, Mereço e Faço!
Grata pelo Reconhecimentos das "Almas" e "Corações" que comigo se Cruzaram...
Grata aos que Ainda Permanecem....
Grata aos que Partindo para Outro Plano me Felicitam pela Coragem que ainda me é Trabalhosa Ver!
Grata por Velarem por Mim e me Mostrarem a Luz em Caminhos ás vezes pouco Iluminados!
....Vão estar Sempre no meu Coração...
Grata pelas "Discussões" com que Cresci!
Grata pelos Tantos Abraços, Beijos e Desejos!
Grata por me Ter Permitido Sentir, Chorar, Rir...Crescer e Assumir a Responsabilidade da Condução da Minha Vida!
Grata pela Saúde Abundante!
Grata pela Mudança!
Grata pela Leí do Karma! E que Possa Eu continuar a Ocupar-me da Emissão do que Regressa!
Grata pelos Sítios que Visitei...
Pelos "Objectos" que Comprei!
Grata pela Companhia e Sabedoria!
Grata...De Coração! Muito Grata Mesmo por Este Ano Fantástico!!

SAT NAM



quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Viagens


Podia Escrever Tanto e dizer tão Pouco...
Fico-me com o que Senti...
Vivi...
Estive...
Agradeci...
Memórias de um dia em que Viajei em Direcção a MIM!
Recuperei o Objecto "esquecido"...
Dormi e Sonhei...
Com o que Perdi e Recuperei!
E Nesse enlaço e nesse cuidado...Regressei!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Fico Maravilhada...


E Alegremente Surpreendida por perceber certos Padrões!
Isto de Reler...Ir Atrás Perceber!
Que fantásticas Gargalhadas!
Cada Vez Mais! Cada Vez Melhor!
Se a Vida é Cíclica que Belo Circulo Este!
Grata pelo dia de Ontem que tanto me Trouxe!
Grata pelo Hoje...Pelo Elogio que Guardo e Sinto!
Mas dessa tua Opinião já sabia...Deixei-a escrita algures por aqui....
Talvez te lembre uma Frase que Nunca Esqueci!

E que até hoje me faz Sorrir!
Lembra-te de Mim...Porque eu nunca Te Esqueci!
E com estes Anos...Distância Física....e Afins...
Ai estás Tu....Fiel a Ti!
E Aqui Estou Eu...Cada Vez Mais Fiel a MIM!


sábado, 14 de dezembro de 2013

Humildade e Liberdade




O desapego com a crença de que de facto o Universo conspira para que encontremos pedaços da nossa Alma!
O Fim, sem a carga emocional, sabendo que o Ganho foi Imenso!
Grata a todos os que fizeram esta parte do caminho comigo!
A Mim por ter Escolhido fazê-lo de forma consciente!
Grata ao reconhecimento que cada um me fez...
Grata pelos "Oásis" que Vou Encontrando!
Grata pelo Reconhecimento da Coragem!
Pelo Reconhecimento da Luz, da Facilidade em Dar Amor,
Pelo Reconhecimento de que se vai tornando mais Fácil Aceitá-lo também!
Grata Sobretudo a Ti...
Foi tão Importante Ouvir essas Palavras...
De todos os Reconhecimentos, essas Ecoam na minha Mente e no Meu Coração...
Foi Mesmo Muito Importante para mim que Fosses TU a reconhece-lo!
Que o Basta...Foi um Ponto Decisivo! Construtivo!
Que olho o Medo, sei que está lá, mas que Hoje posso "falar" com ele!
Por muito que tente lembrar-me de todas as palavrinhas,
Já não é possível!
E sim, isso deixa-me muito Feliz...
Não me Recordo o tanto que Foi Dito...
Mas ainda sinto no meu peito essas Emoções!
O Calor e conforto que me Dão!
Quis a Vida e Tenho Hoje um Compromisso com ELA!
...A Liberdade...Essa tão bem expressa ao final da Noite...
Permito-me senti-la...
Acelera-me o Coração....
Mas a EMOÇÃO É MINHA!
E conseguindo sentir ou não...Sou MAIS RICA POR TÊ-LA!

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Hoje...Posso Escolher!


Para que Saiba...
Para que o Sinta...
Vou permitir-me por Hoje...
Sinto...
Sinto mesmo o Meu Coração a Bater...
Sinto-O em Grande!
A Tomar conta da minha Razão!
A Tentar Empoderar-se e Apoderar-se do que é DELE!
E Sem Razão...
GOSTO DE TI!
AMO-TE!
Do meu Jeito...
Daquele que foi Possível para Mim...
Mas que já não me Serve!
GRITO-O!
E Tiro do meu peito esse peso que é "Fingir"!
Não Arrumo Escondendo...
"Encenando"!
SINTOOOOOOO!!
SINTO-ME! PERMITO-ME! E SOBRETUDO....PERDOO-ME!
Fiz o que era possível para Mim...
E Mereço Todo o Mérito por Isso!
Sou GRANDE!
SOU LUZ!
Sou um SER com AMOR para DAR...e Pronta para o RECEBER!

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Do I Wanna Know




Have you got colour in your cheeks?
Do you ever get the fear that you can't shift the type that sticks around like something in your teeth?
Are there some aces up your sleeve?
Have you no idea that you're in deep?
I dreamt about you nearly every night this week
How many secrets can you keep?
'Cause there's this tune I've found that makes me think of you somehow and I play it on repeat
Until I fall asleep
Spilling drinks on my settee
(Do I wanna know?)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
Was sorta hoping that you'd stay
(Baby, we both know)
That the nights were mainly made for saying things that you can't say tomorrow day
Crawling back to you
Ever thought of calling when you've had a few?
'Cause I always do
Maybe I'm too busy being yours to fall for somebody new
Now I've thought it through
Crawling back to you
So have you got the guts?
Been wondering if your heart's still open and if so, I wanna know what time it shuts
Simmer down and pucker up
I'm sorry to interrupt, it's just I'm constantly on the cusp of trying to kiss you
But I dunno if you feel the same as I do
But we could be together if you wanted to
(Do I wanna know?)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
I'm sorta hoping that you'd stay
(Baby, we both know)
That the nights were mainly made for saying things that you can't say tomorrow day
Crawling back to you (crawling back to you)
Ever thought of calling when you've had a few? (you've had a few?)
'Cause I always do ('cause I always do)
Maybe I'm too (maybe I'm too busy) busy being yours to fall for somebody new
Now I've thought it through
Crawling back to you
(Do I wanna know?)
If this feeling flows both ways
(Sad to see you go)
I'm sorta hoping that you'd stay
(Baby, we both know)
That the nights were mainly made for saying things that you can't say tomorrow day
(Do I wanna know?)
Too busy being yours to fall
(Sad to see you go)
Ever thought of calling, darling?
(Do I wanna know?)
Do you want me crawling back to you?

Artic Monkeys

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Prometo!!!



O que posso Prometer e Cumprir!!
Tão Grata!
À noite, fui ao "baú", é facto...
Mas o que Fica do Dia....
GRATA!!!!
Adorei!
Foi o TUDO!
2013....Fica com um Personagem Fantástico!!!
A Minha Tradução Animada!!!!
AMO-VOS!!!

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Loop

Tinha Saudade devo de Confessar...
Nada chega por acaso e queria tanto Ir que sabia que ia Lá Chegar!
O Tivoli...Sala por conhecer...Merecia o Crédito que quis Conceder!
Já fiz de tudo e que mais posso tentar,
É a tua Escolha tenho de a respeitar!
Eu Escolho Ver...E Não Sofrer por o fazer!
Se Calhar é Genético tens Razão e os meus tenho de Respeitar!
Escolhi e Tenho de Entender, Fiz o que Fiz e o que mais tenho de Fazer!
Por isso uma vez que não podias ir,
E A Família é um Conceito extenso para mim...
Eis que convites aceites, vamos embora,
Que o Tempo, tão Generoso, tem sido Curto para uma Agenda Tão Extensa!
E que Maravilha de Noite...Que treta de Bifana...Definitivamente não Gosto!
Mas era o que havia...era rápido e a Noite Crescia!
Que Maravilha de Espaço, Que Fantástico o que Sentia...
Sorrindo, mesmo Lembrando quem com o seu "Bertor" dizia que fugia!
E tanto fica para Recordar!
Sobretudo o AMOR de quem O quer Partilhar!
É um sitio interessante para algumas pessoas encontrar, o Mundo é pequeno...
Todos nos temos de Cruzar!
Até já...Digo-te baixinho...Volto em Breve para te "Abraçar"...
Grata pelo Amor e pelo Carinho que tens sempre para me Mostrar!
...Nem sempre te fiz Justiça...Mas hoje "vejo" a Tua Beleza...
Guardo-te no Coração sem Tristeza...Porque um Sorriso me consegues sempre "Arrancar"!

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

The Following


"Que essa palavra nos aparte, ave ou inimiga!" eu gritei, levantando -
Volta para a tua tempestade e para a orla das trevas infernais!
Não deixa pena alguma como lembrança dessa mentira que tua alma aqui falou!
Deixa minha solidão inteira! - sai já desse busto sobre minha porta!
Tira teu bico do meu coração, e tira tua sombra da minha porta!"
E o Corvo disse: "Nunca mais."
E o Corvo, sem sequer se bulir, se senta imóvel, se senta ainda, sobre o pálido busto de Palas que há sobre a porta do meu quarto.
E seus olhos têm toda a dor dos olhos de um demónio que sonha; e a luz da lâmpada que o ilumina, projeta a sua sombra sobre o chão. E minh'alma, daquela sombra que jaz a flutuar no chão, levantar-se-á - Nunca mais!"

Edgar Alan Poe - The Raven



Somos o que Somos e o que Projectamos que Somos!
Que a Culpa não nos Corroa a Alma...
Porque a Reconhecemos...."Nunca Mais"...
Se a Luz sobre Nós Incide...Vejamo-la...
Porque Hoje...Simples de Ver...
Não és Quem Dizes Ser...
E a Paz que Projectas a Ti não Pertence...
Olha-te Como És...
E Diz-me Quem Vês...
Não Precisas de Dizer...Lê...Concerteza encontrarás o que Não Dizes...
O que Não Mostras...
E Não Precisas de Me O Dizer...
Conhecendo-te...Conhecendo-me...
Leio-te...Com a Facilidade com que me Leio...
...A Paz que Anseias está nas Guerras que Evitas...
E Das Tempestades que Temes...
Surgem Neblinas que te Inebriam...
...Não Fiques Só...esse é O Pavor...
"Nunca Mais"...Vem do Amor!
E o Perdão que não Te Dás....Para Sempre te Assombrará....
Busca a Cor...
(and Stop calling Me..."Nevermore"!)

"Um dia aprendes que....



"Um dia aprendes que....
Depois de algum tempo aprendes a diferença, a subtil diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E aprendes que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começas a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas.

Começas a aceitar as derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança; aprendes a construir todas as tuas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão.

Depois de algum tempo aprendes que o sol queima se ficares exposto por muito tempo, e aprendes que não importa o quanto tu te importas, algumas pessoas simplesmente não se importam...

Aceitas que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferir-te de vez em quando e precisas de perdoá-la por isso. Aprendes que falar pode aliviar dores emocionais, e descobres que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que podes fazer coisas num instante, das quais te arrependerás pelo resto da vida; aprendes que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que tens na vida, mas quem tens na vida, e que bons amigos são a família que nos permitiram escolher.

Aprendes que não temos que mudar de amigos se compreendermos que eles mudam; percebes que tu e o teu melhor amigo podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos.

Descobres que as pessoas com quem mais te importas na vida são tomadas de ti muito depressa, por isso devemos sempre deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vemos.

Aprendes que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começas a aprender que não te deves comparar com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobres que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que se quer ser, e que o tempo é curto.

Aprendes que não importa onde já chegaste, mas si onde estás a ir, mas se não sabes para onde estás a ir qualquer lugar serve. Aprendes que ou controlas os teus actos ou eles te controlam a ti, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada
e frágil seja uma situação, existem sempre dois lados.

Aprendes que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as consequências. Aprendes que a paciência requer muita prática. Descobres que algumas vezes a pessoa que esperas que te chute quando cais é uma das poucas que te ajuda a levantar; aprendes que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que tiveste e o que aprendeste com elas do que com quantos aniversários celebraste; aprendes que há mais dos teus pais em ti do que supunhas; aprendes que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são impossíveis; poucas coisas são tão humilhantes... e seria uma tragédia se elas acreditassem nisso.

Aprendes que quando estás com raiva tens o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobres que só porque alguém não te ama da maneira que queres que ame, não significa que esse alguém não te ame com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso.

Aprendes que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes tens que aprender a perdoar-te a ti mesmo. Aprendes que com a mesma severidade com que julgas, serás em algum momento condenado.

Aprendes que não importa em quantos pedaços o teu coração foi partido, o mundo não pára para que o consertes. Aprendes que o tempo não é algo que possa voltar para trás, portanto, planta o teu jardim e decora a tua alma em vez de esperares que alguém te traga flores, e aprendes que realmente podes suportar... que realmente és forte e que podes ir muito mais longe depois de pensar que não podias mais.

Descobres que realmente a vida tem valor e que tu tens valor diante da vida! As nossas dúvidas são traiçoeiras e fazem-nos perder o bem que poderíamos conquistar… se não fosse o medo de tentar."
William Shakespeare
 —

Para quem, Que Como EU acha, que Pensar é Sentir...



Carta do Dia: Rei de Espadas


A energia de hoje liga-nos ao nosso mental – racional, à capacidade de resolver e compreender as coisas e situações de forma intelectual.

Por vezes sentimos que apenas o nosso racional tem a capacidade de discernir e de perceber qual o caminho e o rumo a tomar, permitimos que este racional nos guie cegamente no que toca às nossas emoções, abafamos o sentir para que este nosso lado possa assumir o comando sem ser atrapalhado.

Este nosso racional vem com todas as nossas crenças e condicionamentos e apto a demover quem quer que seja que se intrometa na sua razão, é um racional que acredita ser justo mas como podemos ser justos quando deixamos o sentir de lado e nos agarramos à crença do que é justo, do que é certo,
como podemos ser justos se apenas a nossa razão parece existir e perdemos a capacidade de ver o outro plenamente?

Apenas podemos ser justos para nós mesmos mas isso é respeitar-nos e responsabilizar-nos por aquilo que nós fazemos, desejamos, queremos, aceitando que somos nós quem cria a nossa realidade e aceitar os vários mensageiros que chegam sem os condenar, sendo justos e observando o que eles nos trazem como mensagem e aprendizado, seja um mensageiro de dor, de tristeza… é apenas um mensageiro e o importante é a compreensão daquela mensagem que ali nos é dada.

É importante, não nos perdermos nestas nossas crenças e acreditares de justiça para não sermos os manipuladores que tudo sabem e que tem de obrigar o outro a ver que nós é que sabemos, nós é que estamos certos, nós é que… porque na realidade a nossa verdade é totalmente válida para nós quando nos permitimos ver essa verdade e quando não a camuflamos para nem nós mesmos a vermos.

Hoje vamos trabalhar este mental – racional mas de forma meiga e terna, deixando-o guiar-nos mas sem impor, sem lutar, sem termos de ser mais ou menos que ninguém, vamos simplesmente observar este nosso lado que agora grita estou aqui, posso ajudar-te a resolver tudo mas que se esquece muitas vezes e interagir com o emocional para que a escolha seja plena.

Namasté!

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

"(...) Colocaste a Pedra no Sapato (...)"


- "(...) Colocaste a Pedra no Sapato e Tiraste-a!"
- Ou não fosse eu Calhau! lol
Um Olhar...2 Pensamentos!!

Eu Tirei, uma ou duas, do Meu Ontem Também!
Ainda me que Te Motivei!
Now Go And Do What you Have to DO! I Know that this wasn't the Last Time we crossed each other Path!
Grata pela Gargalhada...e Pelo Muito que me Mostraste!

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

"Alone"




I, feel the time, slowly drifting in my veins,
Memories, remains
Confined, I'm alive, somewhere by the autumn leaves,
Falling in between
'Cause no one's there to hold my head up high,
No one's there to peace my mind
Alone, lies my soul, I'm so cold, I'm afraid,
To find hollow life
Sleepless night, empty days
Opaque fading eyes stumble in my face,
Through the crowd I forsake
Demised I'm aside weaked by the lonely haze,
Of no point, no aim
'Cause no one's there to hold my head up high,
No one's there to peace my mind
Alone, I'm afraid,
To find hollow life, Sleepless nights, empty days Alone...

RAMP

Há muito que não Acredito em Coincidências...
E Estar Só de facto não é Sinónimo de Solidão...

"A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo".(Fernando Pessoa)

Por isso...
Começo a Aceitar que TODOS achamos que Somos o QUE NÃO SOMOS...
E Enquanto Descubro que Sou Mais Do que Sempre Pensei...
Descubro que Outros são Bem Diferentes do que o que Diziam...
A Expectativa que Colocamos no Outro é da Nossa Responsabilidade...
E O "Outro" só Consegue "Enganar-nos" enquanto Deixamos...
Até Porque o "Outro" somos Sempre "Nós" no "Espelho"!
Por Isso Tudo o que No "Outro" Criticamos sobre nós Reflecte...
Esta é a Minha Crença! 
Convictamente Afirmo...Surpreender-me Já Não é Tão Fácil como Outrora...
Mas TODOS Vivemos em Busca da "Aprovação" Alheia...
...Todos Mentimos...e Não é Para Protegermos o "Outro" é para Nos Protegermos a Nós...
Mas Será que nos Defendemos de Algo Dessa Forma...?
Ás Vezes Basta Assumirmos o que SOMOS e QUEM SOMOS...
....E Vemos Os Cenários Mudarem Apenas pelo facto de Aceitar e Assumir!
Fica a Intenção Num Dia em Que Tantos Celebram...
Eu Não Esqueço...Mas Devo de Ficar no "Meu Lugar"!
Por Isso...De Longe...Feliz Dia...Que se Repita por Muitos e Bons Anos!

sábado, 2 de novembro de 2013

Goodbye My Lover



Did I disappoint you or let you down?
Should I be feeling guilty or let the judges frown?
'Cause I saw the end before we'd begun,
Yes I saw you were blinded and I knew I had won.
So I took what's mine by eternal right.
Took your soul out into the night.
and may be over but it won't stop there,
I am here for you if you'd only care.
touched my heart you touched my soul.
you changed my life and all my goals.
And love is blind and that I knew when,
My heart was blinded by you.
I've kissed your lips and held your head.
Shared your dreams and shared your bed.
I know you well, I know your smell.
I've been addicted to you.

Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me. (bis)
I am a dreamer but when I wake,
You can't break my spirit - it's my dreams you take.
And as you move on, remember me,
Remember us and all we used to be
I've seen you cry, I've seen you smile.
I've watched you sleeping for a while.
I'd be the father of your child.
I'd spend a lifetime with you.
I know your fears and you know mine.
We've had our doubts but now we're fine,
And I love you, I swear that's true.
I cannot live without you.

Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me.
And I still hold your hand in mine.
In mine when I'm asleep.
And I will bear my soul in time,
When I'm kneeling at your feet.

Goodbye my lover.
Goodbye my friend.
You have been the one.
You have been the one for me.
I'm so hollow, baby, I'm so hollow.
I'm so, I'm so, I'm so hollow


James Blunt

O Timing em que "Ela" se mostrou foi mais uma Prova de que Tudo está Certo...
Que não Há como Duvidar que o Que É...É....
E depois de algumas Lágrimas...Parabéns...
Se a Atitude foi de Coração é Louvável...
...Os "Créditos" certamente não são Meus...São TEUS!
Por tal Recebe o meu Sorriso 32...Aquele que Guardo para quando mesmo sem perceber porquê, permito ao Meu Coração que Perceba, que tal como Eu, todos podem fazer "O Caminho dos Comuns"!
E ainda que algumas Coisas sejam "Quebradas"...Que as Tempestades causem Desordem...O Sol Volta a Nascer...e das Erupções...O Solo fica Fértil...
As Palavras, Reconheço, tem PODER...
Porque Contigo Percebi o Quão Fantástica Eu SOU!
O Quão GRANDIOSA consigo SER!
Brilharei PARA ME ILUMINAR!
...Happy Journey...I`ll See You....

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Um Guião


Pouco fica por dizer...
O Texto esse...
Fala por Si...
Mas alguns de Nós não dão a devida importância ás Palavras...
Fica para Perdurar...
Que Quando se Diz alguma Coisa...
Quer Dizer-Se Alguma Coisa...ou Não? :)


segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Sometimes



Sometimes
Words on her lips
Beginning to slip
She's loosing her grip
On herself
And when she wants more
Oh no, no
She can't have more
Oh no, no
She feels like she's holding back
On a life that she deserves
She said Sometimes
Your asking yourself why
You feel you can't get by
You feel your
Crawling on your knees
A voice from inside
Oh no, no
Is telling her lies
Oh no, no
Her dreams come crashing down
Like a burning sky at night
No longer a child
You are the one
You can't deny
What you have become
It can't hurt you
But it can eat you up inside
She said sometimes
Your asking yourself why
You feel you can't get by
You feel your crawling
On your knees
She said sometimes
Your're asking yourself why
You feel you can't get by
Your sick of begging, begging please
And now you stand up
And look them straight in the eyes
You're not believing their lies
Your taking it straight from the heart
It's time for a new start
Time for a new start
Cause if it's not love well
It's not enough
You deserve more yeah
More than what you've got
Inside a voice is screaming
Get off your knees
Get up
She screams
Sometimes
Sometimes their lies are their disguise
Sometimes the beautiful will cry
Your reaching inside
And now you're floating like a breeze
And saying goodbye

Reamonn

Porque Nada é por Acaso....Lindaaaaaaa!!! :)

sábado, 26 de outubro de 2013

10 Jornadas


"As 10 jornadas são curativas e reveladoras, encorajando as descobertas e a recuperação, no caminho de regresso a casa.

É uma viagem inesquecível na qual caminhamos em direcção ao perdão, à compaixão e ao amor, que começa em nós mesmos, e se expande incluindo os outros num imenso encontro Sagrado.

As Jornadas são:
Auto-aceitação
Tolerância
Cura de velhas feridas
Oferecer apoio
Auto-imagem positiva
Reconhecimento
Procura do Ser interior sagrado
Luz nos outros
Humildade
Liberdade

Vem descobrir-te mais, sentir-te mais, amar-te mais!" de Bob Mandel


Um Processo que começa da Melhor Forma!

Aceitando sem chicote que o facto de ter dormido tão pouco foi opção!
Algo de Coração!
Fazendo o "Caminho" descobrindo o "Outro" e dando a conhecer "Velhas Roupas"!
E que Sítio Maravilhoso...Terei Tempo de O Usufruir em Pleno! 
O Fogo Purificador lembra que começa a Chegar a Hora de Queimar Velhos Textos...
Mais uma vez Sou Brindada com o Bom Humor do Universo!
Agradeço-lhe o Sol com que me presenteou...
O Grupo que mais uma vez me acolheu...
E Percebo alguns "Porquês"!
Brindo-me e Permito-me...
Mais uma Estrada...
Mais Confiança e Certeza num Caminho...
Ainda que muitas vezes Me Detenha para apreciar a Paisagem...
Parar....não é Voltar Atrás...
E nenhuma Pessoa que começa a Caminhar em Frente volta Atrás!


Grata a Mim por ter colocado o Medo debaixo do Braço e Ter Abraçado Esta Maravilhosa Oportunidade de Fazer Mais Por Mim...Ver Mais...Sentir Mais...AMAR-ME MAIS!!!

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Aquilo que Procuro

O Blog é de facto meu...
SÓ MEU!!!
E No entanto são Inúmeras as Pessoas aqui Retratadas...
Aquelas de Quem Falo...
Aquelas que me Foram Ensinando...ou "Criando"...
Mas é MEU!
...Já não Grito...
Constatar é Bom...
Não Discuto à imenso Tempo!
Isto é meu...
Parece que afinal não Discutia Sozinha...
É Bom Verificar que a Loucura não era Minha...
Hoje num Dia de "Transformação"...Senti uma necessidade de Procurar a Dor...
Não esperava Ser tão Certeira...
Mas aceitei sem Mágoa o que veio...
A Essência mantêm-se Real....
O que Vejo também...
Sem as Palavras ou a Mentira que as mesmas ajudam a Criar...
Lá está...Com uma Clareza que questiono...
Com uma Beleza que me impressiona!
Posso afirmar...Estava Apaixonada...
Na Altura arranjei mil e uma formas de o Negar...
Mas ao Reconhecê-lo...
Posso também Afirmar...
Se Calhar Tinhas Razão...
...e mais não direi...Porque a Minha Conclusão...
Tal como o MEU BLOG....é minha!
Hoje SEI MELHOR O QUE PROCURO....E TENHO A CERTEZA QUE VOU ENCONTRAR....

Amuletos "Vossos"


Respirar ás vezes parece mais fácil...
Aceitar apenas o que me Agrada também!
A cada passo para a frente,
Ainda me desagrada parar ou sentir que ando para trás!
A diferença está em constatar que ainda à muito caminho para percorrer,
Mas Vou CAMINHÁ-LO!
Vou Fazê-lo!
Encontrar-ME!
Porque razão algumas coisas ainda me magoam tanto,
É algo para onde não me apetece Olhar!
Mas neste Momento é necessário fazê-lo!
Não posso Fugir Mais...
Mas Magoa-me...
Foi Lá atrás....
Não Foi MEU...
Mas dói-me!
Ainda não é possível Lembrar sem Dor...
Mas já é possível Falar...
Sei sem sombra de Dúvida que as Perguntas não são as mais Correctas...
Essa é a minha Responsabilidade...
Porquê? Não me Trás as respostas que Queria...
Até porque não queria Respostas...
Queria que Tivesse sido Diferente...
A Raiva no Peito...Quase um Formigueiro Lembra-me que...
Bolas...
Falta-me Perceber porque Vos Escolhi!
Falta-me Aceitar que as Vossas Escolhas me Tornaram em Quem Sou HOJE!
E Tenho Orgulho de Mim!
...E Vocês...Sempre me Amaram?
Quero Acreditar que SIM...
Foi como Tinha de Ter SIDO...
Não é isso que Sinto Hoje...
Quando sou Eu que Paro de Respirar com Medo de Ouvir Algumas Respostas...
Mas VOU...
Irei para mais uma Vez Retornar a MIM e Fazer Diferente!
A MINHA HISTÓRIA Será Diferente...Porque Assumo a Responsabilidade de a Re-Escrever!
E o Dia Vai Chegar...em que Vos Serei GRATA...
Até lá...Bolas...Queria Tanto Re-Escrever a VOSSA História!!!


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Arrisca-te. Sê mais. Sente mais. Vive mais. E melhor!



Quantas vezes já não sentiste que a tua vida estava estagnada?
Que tudo nos últimos tempos tinha sido muito parecido?
Que tu e as pessoas à tua volta estão sempre a queixarem-se? Que ambicionavas há meses fazer certas mudanças, engrandecer a tua vida e o teu eu, e de repente percebes que continua tudo muito idêntico? 
Quantas vezes a letargia e a preguiça se instauram e parece que se perde o encantamento e tudo fica amorfo?
Quantas vezes tiveste a força e inspiração para conseguires viver melhor e de repente ela esvai-se?
Quantas vezes adiaste expressar os teus sentimentos por preguiça ou por achares que os outros já sabem?
Muitas, talvez. E no entanto, sentes sempre que falta qualquer coisa mais que se possa celebrar e ampliar, que podes intensificar a tua vida se olhares para tudo e contemplares, se agradeceres mais tudo o que tens, tudo o que és, se encontrares nos sorrisos dos que amas novas forças, se sentires profundamente o sabor dos alimentos ou o conforto de um duche quente, se te lembrares que ninguém é eterno e por isso passas a expressar-te mais, a valorizar mais as pessoas, a organizares melhor o teu tempo para que tenhas aqueles minutos só para ti. E entretanto dás por ti a responsabilizares-te assim pela tua vida e pelas tuas escolhas, e haverá em cada amanhecer um motivo de celebração, onde existe menos desculpas e mais acção. E quando começares a fortalecer as tuas relações, a elogiares, a reconheceres, a seres tu mesmo, a magia acontece e verás o mundo com olhos de criança e com mais leveza e a partir daí tudo ganhará nova cor e os dias serão repletos de pequenos milagres. Milagres esses que só acontecem a quem está desperto e consciente da dádiva da vida.
Arrisca-te. Sê mais. Sente mais. Vive mais. E melhor!

(às Vezes basta abrirmos os Olhos e Vermos os Sinais...Grata!) 

Massivamente


Começo por Rir...
Funciona...
Os dedos acompanham e torna-se mais trabalhoso escrever!
Mas ante tal comentário, como não?
Ainda a Rir, percebo que algumas Coisas são mesmo uma Tortura!
Existem "Castigos" que ninguém merece...
E continuo a rir lembrando que começam a ser inúmeras as Músicas...
Afinal...
Todos podem Construir "Novas" Memórias...
E à Semelhança do "Sorri"...
Podes acompanhar com "Is It Tea you were Looking for?"
lololol
A "Tortura" Perdura...Dura...de Forma Redonda...e Espero que não Riscada...
São Rotações!
Poucas! lolol
Mas lá te Esperam!
A Pacificidade compensa...
Existem "Alternativas" Piores...
Prometo "Recompensa"...Talvez não a que Desejas...
Mas a que Consigo!
De qualquer Forma...Grata por já Tantos Momentos! :)

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Amizade


Essa Palavra Singela que nos Aproxima das Pessoas!
Quão Singelos tem sido os Encontros com as Almas que Reconheço como Minhas?
Poucos o foram...
Hoje, torna-se mais Simples Ver as Grandes Pessoas que tenho no meu Coração como Amigos!
Todos eles sem Excepção chegaram Ao Meu Caminho para me Darem AMOR!
Nem sempre O soube reconhecer...
De Alguns conservo Mágoas que Trato, Hoje e Só por Hoje, com todo o Cuidado que Merecem!
De Outros Momentos que me Enchem o Coração de Um Amor sem Explicação!
Mais do que Amor, alguns...
Deram-me Lições!
Lições que nem Todos os Dias Recordo,
Mas que Tento Não Esquecer!
Grandes Mulheres Sobretudo!
Olho-as e Reconheço a Grandeza que Somos!
Mulheres Coragem!
Mulheres de Ferro!
Mulheres que Me Ensinaram a Olhar a Vida de uma Outra Forma!
Mulheres que o São Com Orgulho e Convicção!
Para Essas...e "TU" Sabes que és Uma Delas!
GRATA POR TEREM CRUZADO O MEU CAMINHO!
GRATA por FICAREM COMIGO!
Grata pelo TANTO que ME APOIAM...e Pelo AMOR que me DEVOLVEM!
Sois GRANDES DE AFECTOS, DE CORAGEM, FORÇA...
...SOIS ENORMES NO TAMANHO DO VOSSO CORAÇÃO!

...e que confortável é Aninhar-me NELE!

(Por "Si"...Inspirado em Si...Reconheça Quem É PARA MIM...Grata por Ter Lido...e Sobretudo por Ter ENTENDIDO)

terça-feira, 15 de outubro de 2013

...Podia...Posso!


Hoje...
Podia...
Posso...

Mas pouco tenho...
As sílabas estão em modo de Descanso...
Permito-me, Escrever Pouco...

Porque o Muito já o Está...
Até Já...
Grito-te!
Se For Para Voar...
Voa Alto...
Se For para Seres...
Sê MUITO!

GodSpeed...

domingo, 6 de outubro de 2013

Batota





Poderia Dizer que a Fiz...
Assumir seria Libertar-me...
Libertar-te a Ti!
Se algum de Nós tivesse ficado Preso...
SER assim...
Ficar AQUI...
Gostar...
AMAR!
Para Sempre Conservar...
Não Leias As Minhas Palavras com Leviandade...
Elas São o que São e não o que Expectas que sejam...
Se Te falo ao Coração é porque desejo que Percebas...
Não Foi em Vão...
Existe uma Recordação...
E Aquele Beijo a Constatação...
Que o Desejo fala mais alto do que a Razão...
Não te Prendas ao que Foi...
Foi Apenas uma Lição...
E Enquanto as Palavras dos meus dedos fluem...
Percebo que os Fantasmas que me Assombram,
Te Feriram...
Não era essa a minha Intenção...
Talvez te devesse dizer,
Que Descobriste Um Caminho...
E Que Finalmente me Mostraste que o Posso Fazer,
Sorrindo!
Não posso Prever,
Tenho um Problema com a Negação...
Mas Posso Dizer-te....
...Recuso a Tua Vénia...
Não Pretendo Ser Cérebro...
O que Me Trouxe Foi a Emoção...
E o Meu Coração Ficou naquele Pinhal...
Naquela Praia...
E Neste Momento só te posso Pedir,
Que não Deixes de Sorrir...
Quando o Farol te ILUMINAR!
...São Palavras Minhas...é-me Permitido Expressar...
Que a Tua Proibição não Tem Razão de Ser...
Pensa BEM no que queres Fazer...

BE...
I...
AM!

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Last Kiss




Oh, where oh where can my baby be?
The Lord took her away from me
She's gone to heaven, so I got to be good
So I can see my baby when I leave this world. 

We were out on a date in my daddy's car
We hadn't driven very far
There in the road, up straight ahead
A car was stalled, the engine was dead
I couldn't stop, so I swerved to the right
I'll never forget the sound that night
The screamin' tires, the bustin' glass
The painful scream that I heard last. 

Oh, where oh where can my baby be? 
The Lord took her away from me
She's gone to heaven, so I got to be good
So I can see my baby when I leave this world. 

When I woke up, the rain was pourin' down
There were people standing all around
Something warm runnin' in my eyes
But somehow I found my baby that night
I lifted her head, she looked at me and said
"Hold me darling just a little while." 
I held her close, I kissed her our last kiss
I found the love that I knew I would miss
But now she's gone, even though I hold her tight
I lost my love, my life that night. 

Oh, where oh where can my baby be? 
The Lord took her away from me
She's gone to heaven, so I got to be good
So I can see my baby when I leave this world. 
Oh, oh

Pearl Jam

É Inevitável que ao Ouvi-la Pense em Ti...
Sei que Te Voltarei a VER...Por Isso Continuo o Meu Caminho Sabendo que Me Guias...
Tendo a Certeza que Afastas do Meu Caminho Tudo o Nele não Deve de Permanecer...
Que Me AMAS! 
Sinto o Teu Orgulho!

E Prometo-te...HONRAREI O TEU NOME!

Fernanda Calhau A Amazonas de 1.53mt! A Prova de que a Coragem não se Mede Aos Palmos!
(Quanto a "Ti"...Grata Pela Partilha! E pela Inspiração! "...I...AM....")

domingo, 29 de setembro de 2013

Sonhos Sonhados em Caminhos Caminhados!



Não sei como foi, nem como aconteceu, 
Surgiu e aceitei...Naveguei... 
Vi Mundos, Toquei sem Ter Tocado... 

Permiti-me a mim... Ser Eu... 
Deixei-me ir... Acreditei... 
Estive lá... Sem ter estado... 

A Riqueza que adquiri... 
O Estado Que Vivi!
Nem acreditaria se não fosse Partilhado!

Os minutos percorri... 
As memórias estão aqui... 
Foi Real... 
Iluminado... 

É Real, Posso Torná-lo Real... 
A Luz que emanamos... 
O Que Criámos... Não foi ali...Foi Muito Além...  
Estou Aqui... 

Simplesmente Natural... 
Como sonhos que sonhamos... 
Passos dados... Momentos agraciados... 
 Neste Mundo... Num segundo... 
O caminho... É por aí...

(...A Negrito...A Tua Colaboração e disponibilidade em Criar Arte! Grata!)

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

No Greater Sorrow



I am bewildered by this cruel fate -
Clouding my judgement.
Sowing the seeds of life in soil of ruin...
The winds feel silent and kissed Death's wings.

It's colder than before, still the winter's passed
And springtime haste fully took all it came for.
Often I stare at the clouds drifting by, imagining you there -
Like formations of a dream adrift from me.

The moments are gone but you remain,
If we had wings we would leave the seasons behind -
Escaping this quiet shroud always haunting us.
We sleep now in the ashes blowing in the wind.

There is no greater sorrow than to recall happiness in times of misery

And there you are – alone like me;
The mountain I must climb;
The lush garden I fail to nurture...
And when I have nothing to say,
I'll let this slip away.

I wonder who we are now – what we're supposed to do
Each day only shadows comfort me and you...
Each day we let it pass and then we die...
As dust fall from heavens fire.

Draconian

terça-feira, 24 de setembro de 2013

Ser Tanta "Coisa"


Peço-te que Definas,
O que não é possível...
Afinal Ser Tanta "Coisa",
É impossível de Descrever...
Mas porque me hei-de Eu Definir?
E porque precisam as Pessoas de o fazer?
Porque enquanto não nos Conhecemos,
Não Sabemos Exactamente de quem Fugimos...
Fica o Conselho para mais tarde Lembrar...
Reconhecer é de certa maneira tentar Aceitar,
O que Somos...
Não se Trata de Definir o Mais Forte,
Esse Revelar-se-á!
Mas a "Regra" fica Criada...Usufruir não permite Rotular...

Nem sei que Título lhe Dar...

O que Hoje te Digo,
Mais Tarde Irei Explicar!
As Gargalhas ficam para Marcar,
Este Momento Singelo de Lembrar!
Se um Dia Um Queijo a mim Se Quiser Apresentar,
Sem Dúvida lhe Concederei esse Desejo,
E Lhe Permitirei Ficar!
A Nota Introdutória do que Virá,
Um Momento na História,
Assim Permanecerá!

Transformar...Mudar...Alterar

Mudei este Dia!
Porque Precisei de o Mudar!
Para uns é Ligar a Ficha,
Para Mim Foi Transformar!
Se aceitei o Fluxo?
Ainda o Estou a Aceitar!
Mas o Certo...
Pelo Incerto,
É a Capacidade de Mudar!
As Mutações que Aceitamos,
São as mais fáceis de Encaixar...
Mas o Espanto...
Esse Pertence a quem se Deixa Espantar!
Frases que não nos Pertencem,
Que usamos para "Enganar"!
Resquícios de Mentiras,
Que preciso de Largar!
A Verdade...Apenas Ela...
Me Poderá Libertar!
Não será um Logro,
Isso te Posso Garantir,
Porque De Mim,
Já Prometi não mais Fugir!
Responder Globalmente,
Pode não ser o que espera uma Mente,
Para Mais Pensamentos Tecer,
Encara como Cura,
Este Processo que Hoje Começa,
Porque os Inícios são o que se Espera,
Para Começar a Alterar!

Agarrados


As Palavras foram sempre Um Mundo para Mim...
São-no Ainda...
Eram por mim Usadas,
Como Se de Medalhas se Tratassem...
Hoje tento Escolhê-las,
Com Cuidado,
Atribuindo-lhes o Meu Significado!
Não São Tratados!
São Apenas Sentimentos Verbalizados!
Por isso,
HOJE...
Deixo que Me Digas outros Significados,
Cortesia de Outros Passados,
Que por De Menos Saberem Usar a Palavra,
A Ela ficaram Agarrados!

Adaptações Vs Condições




Condicionar...
Queres que Diga Mais?
Isso é deixar que se Criem Condições...
Serão Adaptações?
Arestas Por Limar?
Quem pode fazê-lo?
Isso será um acto Subliminar?
Mas ao Fazê-lo,
Está a Recriar!
O Que não sendo...
Se Pode Tornar!
Será desmazê-lo deixar?
Ou Permitir que Sendo,
Se Deixe como Está,
FICAR?
Talvez as Respostas devam ser Relidas,
Porque o Que É,
Sempre Será!

Assentir




"Porque a partir do momento em que tento compreender,
Já tenho a mente a racionalizar e o coração a parar de sentir...
O que encanta? O que encanta é coração... é aquele bocadinho de ti...
Que vive cá dentro e que é tão puro como era quando eras criança..."

Estaremos sempre Dispostos a Agradar?
Quanto disso Será Verdade?
Digo que Agradar o Outro mais não é que Mentir a Nós!
Vivo para o "Resgaste"...
Reafirmo...
Por Mim Busco...
A Mim Agrado!
Por Mim VIVO!
A Mim assinto...
Que Assentir é Permitir,
PERMITO!

Acreditar e Querer




Sim!
Palavras Fortes!
Sentimentos que se Desenham!
Que se Encaixam e se Complementam...
Podes Prever?
Atreveste a Fazê-lo?
O que vai Ser ninguém quer Escrevê-lo...
Foi assim...
É assim...
Quero que Seja de Outra Maneira...
Anseio pelo SER...
Vivo a Viver...
E o Que Tiver de SER...
Sei o que QUERO!
...Onde Preciso de Chegar...
Irei de Novo Partir...
Para REGRESSAR!

Exigir Menos




Define!
Ficou por Definir...
Porque sem Regras...
Ou Imposições...
Surge o que tem de Surgir...
Caminhos Bifurcados?
Quando é que chega a Hora de Partir?
São estas e outras Perguntas,
Que começam a parecer,
Respostas do SER!
Desculpa...
Sem a Culpa,
Do que posso Dizer,
Afinal são Palavras minhas...
Assim tem de SER!

Exactamente!


Chegar?
Onde?
Partir?
Sempre!
É Imperativo que te Mostre,
Que uma Alma Errante,
Não fica por muito Tempo!
Sitío Distante!
Firme o Pensamento!
São Frases Curtas!
Ilustram...
Finalmente!
Chega-me como Um Fim...
Um Lamento!
O Caminho que Defino...
É Um...
Exactamente!

Finalmente?




A Génese da Palavra...
O Significado que Lhe Dás...
O Que Pretendes...
Ou o que Farás...
Se de Cegueira Falas...
Como vais Saber,
Que o que Dás, Volta,
Ainda que o não Queiras Ver!
Se é certo que Aqui estamos,
O Que Farias se não Estivesses?
Para Onde Irias...
Se Pudesses...
Certamente saberás do que falo...
Se Amanhã Houvesse!

Ver...


Deixa-me Perguntar-te...
Questionar-te...
Deixa-me Falar-te...
Talvez Ainda não Saiba como...
Mas Tenho a Certeza que irei Saber...
Se aquilo de que Falas é Utopia,
Ou O Sentido do Ser...
Permito-me...
Permitindo-te...
Se o Quiseres Ver...
Que Talvez ainda Esconda...
O Que Já Não Quero Esconder...

Não Há Pessoas Cegas...
Digo-te...
Existem Pessoas que Não Querem VER!


Assumir?
Aceitar?
Outrora Condenei...
Por de Resignação se Tratar!
Assumir é Ouvir...
O Nosso Coração Escutar...
Ele Teima em Dizer...
Que é Melhor Não Ficar...
Quebrar As Grades...
Ver...
Escutar...
Sim...Enfrentei...
E...Nunca Me Resignei...
A Dúvida?
Prefiro Certezas!

...Vou Parar!
E Pensar...



...Andar Vs Voar




Partir ou Ficar?
Sonhos?
Persegui-los?
Deixá-los Partir?
Caminhos que se Cruzam...
A Noção das Questões...
As Respostas...
Quando é Hora de Desapegar?
Andar para Trás?
Sim...Não é o Mesmo que Caminhar...
Reconheço...
Voltar "Atrás" é Puro medo de Andar...

Mudar Questões...

"...Como cresceste? Que cogumelo descobriste tu que permita tal? enfrentar ás vezes é solução? Lembrar sem mágoa até aceito... mas não recordar? como?"

 
Questões...
Ainda as Mesmas...
Mudá-las...
Mudar?
Crescer?
Preferir Ficar...
Sair...
Viajar...
Talvez mais tarde te Diga...
O que Quis Significar...
Sem que Significado tivesse...
O Que sei...
Irei Sempre Lembrar...

Re"Construir" Memórias


"Walking down the street Distant memories Are buried in the past forever" Não tão profundo???
...Assim Começa a "Viagem"!
De "Hora" em Diante...
Usarei As Minhas Palavras...
As Minhas Interpretações...
Desse Tempo...
Não Teu...
Nem Meu...
Singelas Palavras...
Significados Profundos...
Dessa "Janela"...
Minha...Nossa?
De quem Tiver Coragem...
Abri-la de Par em Par...
Olhar o Mar...
E Navegar...

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

When your minds made me up



So, if you want something
And you call, call
Then I'll come running
To fight, and I'll be at your door
When there's nothing worth running for

When your mind's made up
When your mind's made up
There's no point trying to change it
When your mind's made up
When your mind's made up
There's no point trying to stop it

You see, you're just like everyone
When the shit falls all you want to do is run away
And hide all by yourself
When you're far from me, there's nothing else

When your mind's made up
When your mind's made up
There's no point trying to change it
When your mind's made up
When your mind's made up
There's no point even talking
When your mind's made up
When your mind's made up
There's no point trying to fight it

So, if you ever want something
And you call, call
Then I'll come running


Once Soundtrack


...E parece não haver mais Palavras...A Melodia "Diz" o Resto

Falling Slowly



I don't know you
But I want you
All the more for that
Words fall through me
And always fool me
And I can't react
And games that never amount
To more than they're meant
Will play themselves out

Take this sinking boat and point it home
We've still got time
Raise your hopeful voice you have a choice
You'll make it now

Falling slowly, eyes that know me
And I can't go back
Moods that take me and erase me
And I'm painted black
You have suffered enough
And warred with yourself
It's time that you won

Take this sinking boat and point it home
We've still got time
Raise your hopeful voice you have a choice

You've made it now
Falling slowly sing your melody
I'll sing it loud

Once Soundtrack 

sábado, 14 de setembro de 2013

Parabénssss



Mensagem a Ser Lida Dia 14/09/2013 ás 16h35m

Fiz alguma pesquisa sobre a Prenda Ideal para te Oferecer...
Ainda que a Situação não seja Igual...
Achei que fazia Todo o Sentido...
Mas Quanto mais pesquisava e mais originais os Objectos se Tornavam...
Comecei a vê-los assim...Objectos...
Comecei a lembrar as últimas palavras que Trocámos...
E Decidi-me...
A Tua Prenda da Minha Parte é o que me Pediste....

   PAZ!

Nem Telefonema...
Nem Sms...
Carta ou Postal...
Não te Perturbarei...
Desejo-Te TUDO O QUE DE BOM O MUNDO TIVER PARA TE OFERECER!
Que este Teu Novo Ano Pessoal Te Permita ser TÃO AMADO COMO MERECES!
Que Tudo o que Não Queres e Não Precisas se mantenha Bem Longe De Ti!
Desejo-te Este Mundo e o Outro de Alegrias e Mais Valias!
Um Novo Início De Ciclo Pessoal com Memórias Fantásticas,
Que Valham a Pena Recordar!
MUITOS PARABÉNS!








sábado, 7 de setembro de 2013

Tomates

O dia começa de forma tranquila!
Ambientada!
Sentindo-me em casa!
Exactamente como Queria, Como Sabia que Ia Ser!
Os Bons Dias acompanhados pela companhia de quem Tanto Espelha!
De quem TANTO me tem Dado!
A visita era Imperativa...
O Desconforto por achar que algo estava por dizer crescia...
Mas no frente a frente com as Sapateiras e os camarões não havia pensamento que perdurasse...
O Mar estava ali...
Pronto a Levar...
Mas precisava de um Momento.
Concederam-me o "Tal"...
E Decidi...
Estou de Férias, Vou de Férias!
Mereço Usufruir estes Momentos com quem Está!
Mereço Tudo Isto que me Rodeia e que Ainda não Tinha Visto!
Vou Aproveitar!
Vou VER!
Sentir!
E quando a noite Chega...
O Conforto que sinto junto de Vós CRESCE!
Grata!
Tão GRATA por estarem aqui comigo!
E dizendo-o, ainda que as dores de um Torcicolo venham "ensombrar" esta manhã...
SINTO-O!!
Vou conservar estes Momentos bem juntinho ao Meu Coração!
A manhã aguarda-me e consigo Cumprir...
A Viagem COMEÇA!

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

"Carniçar?"



Levei a Manhã Inteira, e sim ainda parte da Curta noite a "moer-te"!
Dizeres que tenho Razão não é a Frase que pretendo Ouvir!
Mas vai servindo para colmatar a Falta que digo não Sentir!
E com este Tempo o que mais queria era esse Fermento,
Que Pó se fez perante  o Lamento que não quero Lamentar!
Da conversa que Ilumina vem a calma e paz e um Caminho para fazer,
Percorrer sentido e usufruindo da Viagem...
E ao resgatar Velhos Hábitos vejo de repente o que os meus Olhos Julgam Ser Ilusão!
Dirigindo-me à Selva ainda não consigo acreditar...
Mas ao Chegar...
É Real...Estás AQUI!
A Pele diz que Sim,
O Coração Também,
Os Olhos esses nem Sei!
E enquanto fazes o que que dizes que vieste fazer,
Observo-te e fico de coração cheio ao perceber,
que sabes exactamente o que Penso!
Falamos do que quero falar sem entrar em Pormenores que não quero saber...
Mas esse Olhar diz-me Tudo e as Palavras ficam vãs...
De facto o tempo tem esse peso...
O Nosso TAMBÉM!
E o Pôr-do-Sol que nos presenteia...
Gosto Tanto que Estejas Aqui!
E ainda que este momento não Perdure para Sempre,
Na minha Memória certamente Perdurará!
E do Muito que Não foi Dito porque um Olhar de Facto Basta...
E do Muito que Sabes Ler Tão Perfeitamente,
Para Mim Fica Por Dizer...
Vai com Cuidado que te Quero Voltar A Ver!
Sim é importante Terminar Relembrando...
E Não Vou Esquecer que é Difícil adormecer...
Olhando Sempre o Lado Brilhante da VIDA

domingo, 1 de setembro de 2013

O que Sabes e Dizes Não Saber!






A minha Indecisão...é MINHA!
Prende-se com o facto de me confundir a mim em coisas Simples e Claras!
Que pedem Luz em detrimento da Escuridão!
E Quando vejo a Fileira de Árvores que me Acolhem...
Ou os Projectos de Peixes que depenicas, percebo porque fui...
Porque Estou!
E a Tarde passa entre Seres que se entregam de coração...
E no Meio da Multidão...
Vês-me?

Ou deleitas-te com algo que à Estrutura Pertence?
Para Mosquito estás um Pouco Grande e não trouxe o Spray insecticida...lol
E o Tanto que Sabes e dizes não Saber...
Finges ou tentas Iludir?
A verdade é que perante os Teus Argumentos os meus Falham...
E Expresso Toda a minha Gratidão à Tua Grande Memória!


"Sou Uma Mulher a Sério???" Não sabia que as havia de Brincar!
Mas sim tens Razão...Sou PURO VENENO! :)
Tens a Certeza que o teu Coração ainda Bate?
...Quanto ao Facto de o Difícil para ti Ser Expressar...a Hora Tardia permite que Deixe para Amanhã Aquilo que preferes não Dizer e que Hoje acho que já Não Saberia Interpretar!
De Hoje permito que Fique a Certeza que Toquei a Tua Vida...
Que Os Meus Gestos, Atitudes e Palavras perduram e Ecooam na Tua Mente...
Fazem Reflexos no Teu Coração...
E peço-me que Continuemos a Fazer e a Ser o que Somos fazendo o que Fizemos, Fazemos, Faremos?

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

And Suddenly...


"Tudo o que nasce do nada, vive pouco, e morre muito."  Miguel Esteves Cardoso

Gostei tanto da Frase!
Fez um Eco e resolvi escrever!
Acordei com essa Sensação!
Que Existem Certezas Escondidas ou Disfarçadas para onde quero começar a Olhar!
Algumas Situações e Pessoas,
Parecem não ver, Ainda, que as Mudanças não são tão Temporárias como Podem Pensar!
Certamente que me cabe a mim Mostrar-lhes!
Muito mais do que dizer-lhes!
Acredito que é nisto que reside a Essência da Frase: "Fazer Diferente"!
E sobretudo não colocar debaixo do colchão coisas que não tem mesmo de lá estar!
Questionar?
Bom, isso de facto não adianta de muito...
E Certamente existe motivo para tal,
Por isso, vou apenas aceitar que!
Quanto aos demais...
Não é uma questão de colocar Rótulos ou inseri-los em Categorias...
Pode até nem Ser!
Sentir é bastante Mais!
E como Sinto que Tenho "DE"!
Vou Fazer!
Porque à Pessoas Importantes Para Mim!
Pessoas que Quero Perto!
Por Quem o Meu Coração Bate!
São as "Minhas" Pessoas!
E Por Elas terem essa Importância para Mim...LUTO POR ELAS!
Por isso...Sim...Vou Lutar por Ti! E Abraçar-te e Lembrar-te que És Importante!
E Dizer-te que Podes Seguir...Porque Eu Estarei Aqui...E Se Não Estive Sempre...Estarei Para SEMPRE! 
Porque Contigo por Perto Sei que Evoluí! 
É Isso que És Para Mim!